11.2.19

Resenha Filme: "O anjo do Mossad"


"O Anjo do Mossad" conta uma história baseada em fatos reais sobre o egípcio Ashraf Marwan, acessor da embaixada do Egito, genro do ex-presidente do Egito Gamal Abdel Nasser,  e confidente de seu sucessor Anwar Sadat, passando a trabalhar secretamente com Israel e se tornou o espião mais famoso do Oriente Médio no ano de 1970, sendo tratado como o herói nos dois países. 

Marwan quer selar a paz entre os países, pois o presidente do Egito quer declarar guerra contra Israel, e tomam a decisão de invadir com as suas tropas para tomar o território que Israel havia ocupado, que os egípcios diziam ser deles. 

O filme perpassa com os mistérios da alta espionagem e os riscos que Marwan corre de ser descoberto pelos políticos do seu país com um pouco de suspense na trama e muito jogo de poder entre os dois lados da história. 

O sogro (Gamal Abdel Nasser) não se dava bem com o genro (Marwan) por ter opiniões divergentes. Enquanto Marwan achava que não precisava atacar o outro país para poder resolver as negociações entre os países, o presidente retrucou a sua opinião e chegou a conversar com a sua filha para que não continuasse com Marwan, mas continuam juntos e vão morar em Londres. 

Marwan se muda com a esposa para Londres, mas o mesmo continua viajando para trabalhar secretamente pra Israel, e não conta nada sobre o que acontece na sua profissão para a esposa para a sua própria segurança. 

No final ele consegue evitar a guerra entre Egito e Israel, selando a paz entre os países. O filme tem uma excelente trama e você aprende sobre uma história real que vale muito a pena assistir! É muito bom mesmo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário