26.2.18

Filme "O Fragmentado"

Oi pessoal, tudo bem? Para quem gosta de filme de suspense, hoje eu vou falar sobre o que eu achei do filme "O Fragmentado".


O filme "O Fragmentado" conta a história de Kevin Wendell Crumb (James McAvoy), no qual possui um transtorno dissociativo de identidade (TDI), que é uma doença mental com duas personalidades ou mais. No caso do personagem ele possui 23 personalidades, em que alterna mais entre duas personagens ("Dennis" e "Patrícia"), pois estas fazem adoração para a 24ª personalidade, que seria "A Besta", a personalidade mais perigosa de todas.

Kevin sofreu abuso pela sua mãe quando criança e foi abandonado pelo seu pai ainda quando criança também. Mais tarde, o mesmo começou a fazer terapia com a psiquiatra Dra Fletcher que era especializada em distúrbios de personalidade. No começo do filme Kevin começa com a personalidade de "Dennis", em que o mesmo gosta de ver as meninas dançando, e abusá-las, e possuía também transtorno obsessivo compulsivo. No entanto, "Dennis" sequestra três meninas (Claire, Marcia e Casey) dentro de um carro e leva para onde ele mora. Na trama, as meninas percebem que ele vai mudando as personalidades, e assim, um dos métodos para saírem do lugar é usar uma dessas pessoas que habitam nele, que é Hedwig, uma criança de 9 anos. Então, uma das meninas faz amizade com Hedwig. Mas mesmo com a inocência de uma criança, ele mudava de personalidade para falar com uma pessoa com mais autoridade, o "Dennis".

Depois de várias tentativas de fuga, as meninas percebem que só entendendo intimamente cada uma das suas personalidades poderão sair dali com vida.



RESENHA - O QUE EU ACHEI DO FILME:

O filme conta sobre uma doença mental que qualquer pessoa pode possuir, e pelo meu conhecimento e estudos é possível sim que uma pessoa pode ter várias personalidades. Achei que o filme teve uma história boa e a doença mental em Kevin revela que tudo que acontece em um ser humano tem um motivo, ou algo que aconteceu na infância gerando um trauma. No caso do filme, foi o abuso da mãe e o abandono do pai que gerou na fase adulta um transtorno mental.

O suspense do filme em saber se as meninas vão sobreviver é o que nos deixa ansiosa para saber o final. Então, para quem é amante do suspense vai amar. 

No filme, colocam vários efeitos e um pouco de exagero nos personagens em que Kevin cria na sua mente. Então, vale salientar que não é bem como se ver no filme, pois sempre vão aumentar nos efeitos especiais. Na vida real você pode encontrar pessoas com algum tipo de transtorno e nem pode notar, as pessoas com TDI podem ser notadas com a convivência, ou até mesmo ser presa por algum deslize, e aqueles considerados "lobo em pele de cordeiro" você vai ser atraído que nem percebe, e só um dia que a máscara cai. Então, temos que prestar mais atenção são nestes lobos que andam por aí nos cercando, e nem notamos do quanto são perigosos.

A nossa mente é complexa, e podemos ser o que quisermos com a força da mente. O que achei bem interessante foi a frase final do personagem principal "Eu posso ser o que eu quiser", e isso remota a outros sentidos na vida, de como nós levamos a nossa vida, e do que a gente pode ser enquanto vivemos.

E vocês já assistiram o filme? O que acharam? Me conta nos comentários. Se tiver alguma dica de filme, me conta, que eu adoro.

Beijos.

Géu Cerqueira

4 comentários:

  1. Gosto muito de filmes de suspense, e o filme Fragmentado parece ser ótimo, gostei muito da história, é puro suspense, ótima indicação de filme bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo! Volte sempre! :) Beijos.

      Excluir
  2. Fragmentado ganhou meu coração! Fiquei sabendo que vai ter sequência né? To super ansiosa. Adoro esse filme!

    - Conheça meu blog:
    http://meubaudeestrelas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabia. Que legal! Já quero assistir. Beijos.

      Excluir